Destaques

Interessante? Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Inteligência artificial identifica Alzheimer 10 anos antes dos primeiros sintomas

Já imaginou poder identificar o Alzheimer 10 anos antes de aparecerem os sintomas? Graças a um grupo de pesquisadores da Universidade de Bari, na Itália, isso é possível e o tratamento pode ser adiantado para amenizar e postergar os sintomas. Eles criaram um algoritmo que consegue detectar pequenas mudanças na estrutura cerebral humana, causada pela doença. Segundo o Canaltech, a inteligência artificial precisou ser treinada e, para isso, analisou dados de 38 pacientes e outras 29 pessoas saudáveis.
Após isso, a IA analisou o cérebro de 148 pessoas, sendo que, deste total, 52 eram saudáveis e 48 já tinham o Alzheimer detectado, enquanto as outras 48 tinham MCI, uma doença que leva o paciente a desenvolver o Alzheimer entre 2,5 e 9 anos depois. Foram identificadas quais daqueles pacientes tinham um cérebro realmente saudável e quais estavam com a doença. A precisão foi de 86%. Além disso, o sistema diferenciou com 84% de precisão os cérebros saudáveis daqueles que tinham MCI.

Via: Canaltech

Sumário

Veja também

Orçamento

Orçamento