Destaques

Interessante? Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

O Home Office Antes, Durante e Pós Pandemia

 

Que as atividades home-office estão sendo objeto de atenção, estudo e, porque não dizer, muita especulação durante a atual pandemia, todos sabemos, mas como isso afetará as atividades e costumes profissionais é ainda uma incógnita, mas baseados em algumas constatações, podemos imaginar. Senão vejamos:

Segundo alguns fabricantes de equipamentos de informática, bem como de software, tal como a Microsoft®, o uso de PC’s aumentou entre 24 e 27% e o de soluções para reunião a distância próximo de 75%.

Quanto ao comportamento das pessoas, alguns dados são óbvios, outros não tanto. Já se sabia por pesquisas anteriores, que 89% das pessoas dividem seu tempo de trabalho entre atividades profissionais e pessoais, coisa que não sofreu alteração, porém sabe-se que houve um aumento do período de trabalho em até um terço a mais.

Outra constatação importante é a de que as pessoas não estavam preparadas para esta mudança de atitude, pois 41% delas se utilizam de espaços comuns da casa e 135 do seu próprio quarto de dormir.

E quanto às empresas, qual o impacto atual e futuro?

Pelos levantamentos, 42% das empresas adotaram home office, e destas 30% dizem que não retornarão o trabalho presencial como antes, e na maioria delas a tendência é ter apenas um ou dois dias da semana, muito mais para promover interação e troca de experiências entre os funcionários do que visando aumento da produtividade, se bem que este aumento só poderá ser realmente mensurado quando, e se, o colaborador voltar à atividade presencial . De qualquer forma, já está estabelecido que o mais importante não é o horário e o tempo trabalhado, e sim o atingimento de metas e tarefas. Outra coisa a se comprovar por quanto tempo o “não horário” consegue manter produtividade alta sem comprometer a saúde do colaborador.

Daqui prá frente, ao que tudo indica, a busca das corporações se dará no sentido de novas soluções e melhoria e/ou expansão das atuais, tais como a melhoria dos sistemas de telefonia de tal forma a facilitar a comunicação entre funcionário remoto e a “central”, em especial porque a maioria delas já se utiliza de sistemas VOIP, o que facilita em muito, bem como o fundamental compartilhamento de arquivos e aplicações, aumentando a colaboração e a produtividade atuais, com a utilização de ferramentas na nuvem, cada vez mais robustas e seguras.

Com base na experiência rapidamente adquirida, praticamente à força, o mercado está começando a enxergar novas e melhores soluções como o aumento do uso da digitalização de documentos, documentos digitais, assinatura e aprovações digitais, melhoria quase que diária das aplicações de reuniões e apresentações virtuais, etc.

Tudo isso causou certa revolução nos mercados de equipamentos e aplicações de informática, a saber: O mercado de computadores – desk tops e notebooks – não sofreu com a pandemia, muito pelo contrário, alguns fabricantes bateram seus recordes históricos!

Outro fenômeno que está despontando é o ressurgir dos desktops, em vista de, mesmo em aplicações remotas, serem mais ergométricos eficientes e flexíveis, por exemplo, para aplicações como games, grandes planilhas, etc.

Outra mudança está sendo a maneira dos fabricantes de equipamentos verem o mercado. Um deles declarou nesta semana que “antes se pensava em um computador por casa, hoje vemos o mercado como um computador por pessoa”.

De qualquer forma este mercado se mostra cada vez mais aquecido e ávido de novas opções e possibilidades, sem falar no comércio eletrônico que, segundo está se falando, cresceu seis anos em seis meses!

Por fim, neste ano muitas empresas passaram certo “aperto” por, naturalmente, não terem previsto em seus budgets a necessidade de equipamentos e soluções que foram obrigados a adotar para fazer frente à realidade que rapidamente se agigantou para todos, o que não deverá acometer para 2021, em especial porque, pela necessidade, passou a conhecer e analisar outras opções que o mercado oferece e que muitas das vezes se mostram melhores e mais acessíveis que as tradicionais, tais como a locação dos equipamentos e soluções, SAS (software as a service), utilização de arquivos na nuvem como OneDrive e outros.

A Colorsisthem, especialista na satisfação dos clientes há mais de 22 anos disponibiliza as mais novas soluções, tanto de hardware como software e aplicações de acordo com sua necessidade.

Procure a Colorsisthem e comprove!!!

 

Walter.B.Moretti

25/09/2020

 

Sumário

Veja também

Orçamento

Orçamento