Cotidiano

Interessante? Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Na Coreia do Sul, bitcoins tem queda de quase 20%

Na Madrugada desta quinta-feira (11) houve uma queda de 20% no mercado da moeda digital, a bitcoins. Isso ocorreu depois de divulgarem um provável bloqueio das operações de câmbio na Coreia do Sul, um dos maiores expoentes da categoria em todo o mundo. A queda fez com que o preço das moedas virtuais fosse de US$ 14,9 mil para US$ 12,8 mil em questão de horas.

Em coletiva, o ministro da justiça sul-coreano, Park Sang-ki disse que o governo já está preparando um projeto de lei para proibir a operação de câmbios domésticos, principalmente após uma grande operação policial contra a evasão fiscal e lavagem de dinheiro, também realizada nesta quinta.

As autoridades suspeitam de que uma moeda não regulamentada estaria sendo usada para sonegação de impostos e validação de dinheiro obtido por meio de fontes ilegais, o que levou o governo a investigar os crimes, e estudar uma forma de impedir completamente a realização deles. Por isso, a polícia invadiu sedes de câmbios de bitcoins e outras moedas virtuais para apreensão de documentos, computadores e outros equipamentos.

Com a notícia, praticamente todas as principais criptomoedas apresentaram queda. A Ethereum, com baixa de 9,4%, a Ripple com 11% e a Cardano, com redução de 5,9% no valor.

Segundo o Canaltech, após três horas do acontecimento, as Bitcoins voltaram a subir, apresentando, até o momento, uma estabilidade um pouco maior na casa dos US$ 13 mil e operações em baixa de 9,4%.

Na Coreia do Sul, pode levar anos até que um banimento das moedas seja sancionado. De acordo com as leis locais, projetos de lei precisam passar por todo um trâmite até se tornarem realidade, exigindo, entre outras coisas, votos majoritários na assembleia e novas análises por parte de órgãos governamentais e autoridades regulatórias.

Via: CanalTech

 

 

 

Sumário

Veja também

Orçamento

Orçamento