Artigos

Interessante? Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Agência Europeia de segurança cibernética é anunciada

O presidente da CE (Comissão Europeia), Jean-Claude Juncker, anunciou nesta quarta-feira (13) a criação de uma agência europeia de segurança cibernética para prevenir os crimes virtuais, que segundo ele são um verdadeiro perigo para a democracia.

Juncker em um discurso sobre o estado da União Europeia, diante do pleno da Eurocâmara, disse que ciberataques são, muitas vezes “mais perigosos que os fuzis e tanques” para a democracia e a estabilidade dos países.

A presidência da UE, que neste semestre é exercida pela Estônia, quer tornar uma de suas prioridades a segurança digital e a cibersegurança. No próximo dia 29, esse tema será discutido em uma cúpula de líderes da organização, em Tallinn.

Para Juncker, a UE “está mal equipada em relação aos ciberataques”. Ele lembrou ainda, que as empresas europeias sofreram milhares de ataques desse tipo em 2016.
A intenção da CE de apresentar uma estratégia europeia de cibersegurança, surgiu em Julho deste ano.

Ainda segundo o discurso de Juncker, trata-se de um perigo que “não conhece fronteiras”, motivo pelo qual a CE “propõe uma agência europeia de segurança cibernética para lutar melhor” contra esse problema.

 
Via – R7 
 

Sumário

Veja também

Orçamento

Orçamento